Valérian e Laureline : uma banda desenhada culta, moderna, e indispensável.

Foi em 1967 que o argumentista Pierre Christin e o desenhador Jean-Claude Mézières publicaram as primeiras pranchas das aventuras de Valérian e Laureline, na revista Pilote. A sua série, então intitulada Valérian, Agente Espacio-Temporal, impõe-se como uma referência da ficção-científica no curso das décadas seguintes, e a sua influência ultrapassa rapidamente as fronteiras originais, influenciando até um certo George Lucas e a sua Star Wars… 50 anos após o nascimento da BD, o filme Valérian e a Cidade dos Mil Planetas, escrito, realizado, e produzido por Luc Besson, chegará às salas francesas a 26 de Julho de 2017, com Dane De Haan e Cara Delevingne nos principais papéis. A ocasião para compreender-mos porque é a banda desenhada de Christin e Mézières, que acaba de ser reeditada pela Dargaud, uma obra incontornável, e que continua a ser de uma modernidade incrível.

… Didier Pasamonik, redator-chefe de ActuaBD, responde às nossas perguntas sobre esta saga de culto. A saga Valérian e Laureline iniciou-se há 50 anos. Como é que esta BD francesa se tornou uma referência na ficção-científica, aqui, e no Mundo? Em França, foi simples : é uma das primeiras BD de FC da revista Pilote que continha ma revolução nas publicações para os jovens da sua época. O desenho de Jean-Claude Mézières, herdeiro de Jijé e condiscípulo de Giraud/Moebius era clássico, na linha da escola franco-belga, mas integrando-se graficamente na modernidade da BD contemporânea da época. Mas, contrariamente à produção americana, os argumentos de Pierre Christin não se resumem simplesmente a acção, e a um maniqueísmo redutor. Havia uma reflexão elaborada sobre o destino da humanidade, os seus percursos e as suas esperanças face a novos mundos. Quanto à sua notoriedade no resto do Mundo, é necessário relativizar : Valérian não era conhecido até Besson se encarregar dele.

Pode-nos falar das influências da saga Valérian e Laureline ? E quem são hoje os herdeiros de Christin e Mézières ?

A influência é sobretudo indirecta, e passa pelo cinema. Não é segredo para ninguém que as equipas de George Lucas viram de muito perto o universo de Valérian e Laureline, especialmente na elaboração das naves, e dos povos representados. Séries como Axel Munshine : O Vagabundo dos Limbos de Godard e Ribera, Orbital de Sylvain Runberg e Serge Pelé, e mesmo Em Busca do Pássaro do Tempo de Serge Le Tendre e Régis Loisel ou ainda Antarès ou Terre Lointaine de Léo têm um pouco de Valérian e Laureline no seu ADN.

O que espera da adaptação ao cinema desta BD de culto ?

Espero que Luc Besson tenha conseguido captar a delicadeza e subtileza de Christin, que nunca cai na caracterização burra, ou em acções de deboche desnecessários. Quanto ao princípio da adaptação, recordo que Valerian e Laureline tinha sido adaptado para desenhos animados pelos japoneses. Eles estavam irreconheciveis ... Isso acalma ...

Fonte: Lecteurs.com

Pin It

  1. Autor
  2. Seleção
  3. Facebook

Horacio Altuna

terça, 2 outubro

Hernán Migoya...

terça, 25 setembro

Sean Philips

sábado, 22 setembro

Ed Brubaker

sábado, 22 setembro

David Sala

sexta, 21 setembro

  1. Livro
  2. Clássico
  3. Editora

O Último Recreio

terça, 2 outubro

Tatuagem

terça, 25 setembro

Buscavidas

sexta, 21 setembro

A Morte Persegue-me

quarta, 19 setembro

A Leoa: Um Retrato...

quarta, 19 setembro

S.O.S. Meteoros por E…

sábado, 12 março

Quem são os Longway ?

domingo, 13 março

XIII - A Série

domingo, 03 abril

Christian Godard: Mar…

domingo, 03 julho

Image Comics Inc

sábado, 22 setembro

Les Éditions Rackham

sexta, 21 setembro

Éditions Sarbacane

quarta, 19 setembro

G. Floy Studio

quarta, 19 setembro

Les éditions...

domingo, 9 setembro

Visit Redmoon online casino Canada.